Pão de ló

pão de ló
Ovos. açúcar e farinha. Simplesmente.

É admirável como as tradições e os saberes culinários das diversas regiões de Portugal transformam ingredientes simples em verdadeiras iguarias. Ovos (muitos, é certo…), açúcar e farinha resultam nos mais apetecíveis doces tradicionais.
Assim é o pão de ló.

Claramente, vamos tendo cada vez mais vontade de experimentar receitas simples, feitas com ingredientes simples e verdadeiros, cujo resultado, é, enfim…também ele simples e autêntico. Sabe ao que é.

De todas as receitas de pão de ló, aquela que mais se destaca, e é mais afamada, é a receita do pão de ló de Ovar. Esta cidade é sobretudo conhecida por esta delícia, uma especialidade regional que é considerada a “ex libris” da cidade.

Na verdade, não se conhecem com rigor as razões do surgimento desta iguaria em Ovar, apenas se sabe que tem origem conventual…
As comunidades monásticas, nomeadamente as femininas, eram compostas por professas oriundas das melhores famílias, e estas terão ocupado o seu tempo no preparo de doçarias…

Sabe-se que a confeção do pão de ló de Ovar é anterior ao século XVIII, sendo referido na obra “Os Passos”, do padre Manoel de Oliveira Lírio: “Em 1781, são obsequiados com Pães de Ló de Ovar os Padres que levaram o andor na procissão dos Passos.in http://paodelosluizdeovar.no.sapo.pt/
kasutera cake
Há registos que indicam que o pão de ló era confecionado antes do século XVI. Conta-se que portugueses que chegaram ao Japão já levaram, naquele tempo, a receita do tradicional pão-de-ló, o chamado pão de Castela. Os japoneses apreciaram a receita e, cinco séculos mais tarde, o resultado é o castella ou kasutera, uma sobremesa típica do Japão. Especialidade muito apreciada em festividades japonesas, feita à base de açúcar, farinha, ovos…

Os ingredientes do pão de ló são:
12 gemas
6 ovos inteiros
uma pitada de sal
200 g de açucar
90 g de farinha trigo (tipo 55) com fermento
Papel vegetal/Papel pasteleiro

Preparados os ingredientes, a primeira tarefa é ligar o forno a 180º e colocar a forma de barro no forno a aquecer. Podemos usar uma vulgar forma de bolo de alumínio, mas a forma de barro confere ao pão de ló um sabor mais autêntico, quase perfumado…

Em seguida, batem-se os ovos inteiros e as gemas com o açúcar até obter uma mistura esbranquiçada, este processo pode demorar de 10 a 15 minutos…

Sem bater, peneira-se a farinha e envolve-se delicadamente na mistura dos ovos e açucar. Deita-se, então, a massa na forma de barro saída do forno e a qual, entretanto, forramos com um papel pasteleiro. Tapa-se com uma folha de papel vegetal e coloca-se no forno.

Leva-se a cozer em forno quente (180ºC) durante cerca de 30 minutos, passado este tempo baixa-se o calor do forno para 160º e retira-se a folha de papel que cobria a forma para que o bolo fique dourado…

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s